tendências em seo

O que esperar em relação às tendências de SEO para o ano de 2023?

Saiba o que as tendências têm apontado sobre tudo que envolve a otimização de conteúdo para os buscadores e no que as marcas devem ficar de olho para garantirem sua presença online.

Aliás, neste artigo falamos muito mais do que somente sobre SEO. Também abordamos outros fatores importantes para o ranqueamento de sites e para a criação de conteúdos excepcionais, que atraem tráfego a qualquer tipo de negócio.

Saiba mais lendo o artigo.

7 tendência de SEO para 2023

Os quatro pilares do SEO (conteúdo, seo técnico, seo on-page e seo off-page) continuam sendo essenciais em uma estratégia para ranqueamento nos motores de busca.

Isso significa que conteúdos de qualidade, escaneabilidade do texto, utilização de palavras-chave, intenção de busca do usuário, otimização para a busca semântica e outros conceitos considerados como estratégias SEO não mudaram.

Assim, podemos dizer que as tendências de SEO para 2023 continuam com foco em proporcionar uma melhor experiência ao usuário.

Vamos ao que ainda — e cada vez mais — deve ter nossa atenção!

1. Core Web Vitals

Core Web Vitals são as métricas criadas pela equipe do Google para mensurar a experiência do usuário em um site, ou seja, quanto melhor for a interação de uma pessoa com a página, melhor será a sua avaliação diante do Google.

De forma resumida, o Core Web Vitals são os algoritmos que classificam em qual posição os sites aparecerão em futuras pesquisas. Para isso, ele avalia três fatores: velocidade de carregamento, interatividade e estabilidade visual.

Essa métrica criada pelo Google busca trazer os sites mais desenvolvidos e otimizados para a posição de destaque na SERP. 

2. Conteúdo útil e relevante sempre!

O Google Helpful Content Update é uma das atualizações mais importantes de todos os tempos, não só pelos efeitos que já trouxe mas pela mensagem que o buscador passa. 

Em seu lançamento, o Google falou em conseguir priorizar conteúdos “de pessoas para pessoas”, também dando a entender que irá combater conteúdos gerados por inteligência artificial.

Conteúdos criados tendo como principal objetivo ranquear bem nas buscas não terão altas classificações, segundo o Google. O buscador pretende identificar esses conteúdos não originais, de baixa qualidade e que contenham informações irrelevantes, e não priorizá-los nos resultados.

3. Site seguro

O Google utiliza o HTTPS como um critério de ranqueamento. Portanto, ter o certificado SSL (documento digital que permite uma conexão criptografada) é fundamental para ocupar uma posição de destaque na SERP, pois a plataforma compreende que o site oferece uma navegação segura ao usuário.

Para alguns pode parecer um tanto óbvio, mas, há milhares de sites que não utilizam o certificado e, sendo bem pouco otimista, muitos não devem sequer saber da existência desse certificado.

Vale destacar também que a Lei Geral de Proteção de Dados (LGPD) está se tornando cada vez mais relevante no universo digital, por isso é fundamental cumprir as diretrizes estabelecidas pela lei. Dessa forma, as empresas tendem a adotar medidas mais seguras para os usuários e ficar bem-vista aos olhos do Google.

4. Conteúdo UGC: provas sociais e reviews de produtos

O conteúdo UGC, ou gerado pelo usuário, ganha cada vez mais força. As provas sociais são, inclusive, conhecidas como um dos gatilhos mentais mais poderosos.

Em SEO, os depoimentos ajudam o site a ter mais autoridade (porque geram referências de outras pessoas falando sobre a marca ou produto) e confiabilidade, porque transmitem segurança, já que não é a marca falando, mas sim, quem a consome e compartilha suas impressões.

No e-commerce, os reviews podem ser o diferencial para a tomada de decisão de outros consumidores.

5. Conteúdos assinados

Os conteúdos assinados por seus autores estão ganhando cada vez mais espaço nos blogs e sites e, por isso, listam entre as tendências de SEO. A assinatura endossa e dá o aval de quem escreve e argumenta, o que é fundamental no EAT.

Inicialmente essa proposta era para os conteúdos “Your Money or Your Life”, também conhecidos pelo anagrama YMYL, aqueles que, se apresentados de forma inadequada, falsa ou enganosa, podem impactar diretamente no bem-estar, saúde, segurança ou estabilidade financeira do leitor.

Exemplos desse tipo de conteúdo são os de finanças e saúde. Por isso que, quando relacionados a um autor com expertise no assunto, são avaliados como os melhores e bem posicionados.

Para inserir o autor nas postagens, uma ideia é colocar, abaixo do título do post, o nome, a foto, a função ou brevíssima descrição e link para alguma rede social de relevância, mostrando que existe uma pessoa, uma autoria atrás do que está sendo dito.

6. Content pruning

O content pruning é uma técnica que promove a remoção de conteúdo que está sobrecarregando um site.

Content Pruning é, em tradução livre, poda de conteúdo. Em SEO, é o ato de eliminar conteúdos antigos sem valor em seu site ou blog, ou editá-los ou ainda reescrevê-los totalmente do zero.

A técnica ganha muita importância na medida em que muitos sites crescem focados em gerar mais e mais volume de conteúdo, sem olhar tanto para a qualidade dele.

7. Topic clusters

A estratégia de topic clusters não é nova. No entanto, ganhou as atenções e os holofotes no último ano e vem com força para somar esforços em SEO.

Trata-se de um grupo de conteúdos organizados em torno de um post principal, chamado de post pilar. Esse conteúdo central recebe os links dos demais, e oferece várias oportunidades em links internos para manter os leitores no site.

Podemos definir o topic clusters como uma estratégia muito bem pensada de links internos.

A importância das equipes multiprofissionais 

SEO não é mais algo que somente um redator e um planejador de conteúdo precisem dominar. Agora envolve muito mais profissionais especialistas de várias áreas.

Com tantas mudanças e o SEO indo além do uso de palavras-chave e otimização para ranqueamento no Google, atualmente, são necessários outros profissionais, como os estrategistas e analistas de conteúdo, os web designers e os programadores e desenvolvedores. 

Por isso, ao buscar uma agência de marketing digital em Goiânia ou em qualquer outra parte do Brasil, se certifique de que ela tenha todos esses profissionais envolvidos com as estratégias de SEO.

Esperamos que tenha gostado de nosso artigo e que entenda como as tendências de SEO são importantes na estratégia digital de qualquer negócio.

Artigos relacionados

Deixe um Comentário

Quer saber o que você precisa fazer para sua empresa ter resultados?

Transforme o Marketing Digital de sua empresa! Preencha o formulário abaixo para receber um contato de nossos consultores

Conheça alguns de nossos parceiros:

Na agência, somos especializados em dar vida à presença on-line das empresas. Com uma equipe de pessoas criativas e inovadoras exatamente como você deseja para seu negócio – com experiência na gestão de campanhas de marketing digital em qualquer tipo de produto ou serviço – nossos serviços se encarregarão de que cada peça seja gerenciada com bom…

Siga-nos nas redes sociais

© SOUB Digital 2015 a 2020. CNPJ: 24.200.519/0001-81 | Todos os direitos reservados